Keblinger

Keblinger
O sucesso Titanic volta a ser exibido nos cinemas, agora em 3D. Confira as salas e horários!

13 de out de 2012

Os Infratores

Os irmãos Bondurant foram tratados como lendas. Valorizava-se os feitos deles durante a vigência da Lei Seca nos Estados Unidos, por enfrentarem as autoridades policiais e os criminosos rivais, saindo sobreviventes dos confrontos, marcados por muita violência e corrupção. Foram uns "trabalhadores, "operários" deste ramo da ilegalidade, comparados aos grandes chefões glamourizados na época e pelo próprio cinema, onde o fasacínio pelo gangsterismo foi e é notório.

O roteiro de Nick Cave, baseado no livro o livro The Wettest County in the World, de Matt Bondurant, neto de Jack Bondurant, registra a lenda, porém com os pés fincados no realismo, redimensionando-a. O foco é o trabalho dos menos afortunados com a trangressão à legalidade da época, marcada também pelos efeitos da Depressão Econômica. Eles queriam ser ricos, famosos e temidos, também. Porém, o caminho seria bem mais tortuoso. Então, abre-se espaço para a corrupção praticada  por quem está em lados opostos da lei. 

Nesta realidade, estão os Bondurant, no condado de Franklin, Virgínia.  Liderados por Forrest (Tom Hardy), temido por seus feitos heróicos, lendários e praticidade. Precisa manter os negócios da família, livre das investidas policiais, geralmente corruptas e dos outros criminosos, como o barra pesada Floyd Banner (Gary Oldman). O outro irmão, Howard (Jason Clarke) é o braço direito, que o acompanha na 'resolução das confusões", marcado também pelo temperamento forte. Fechando o trio, o caçula e inexperiente Jack (Shia LaBeouf)

É Jack o  condutor da narrativa  com atitudes que podem ameaçar ou avançar com ousadia, as conquistas familiares. Entretanto ainda, surge mais um obstáculo: a chegada de um ajudante oficial para a polícia local, Charlie Rakes (Guy Pearce), vindo de Chicago, implacável na perseguição aos criminosos, desencadeando uma verdadeira caça aos irmãos infratores.


John Hiilcoat, de  A Estrada, filma toda esta jornada familiar, ilegal e muito violenta, com maestria, segurança e estilo. Consegue criar uma atmosfera bastante convincente, densa. Em várias cenas, o clima de tensão é elevado em questão de segundos, pela maneira como os personagens são captados pela câmera, em ângulos inteligentes, reveladores e detalhistas. A sequência do tiroteio na ponte, entre o grupo dos irmãos e as autoridades policiais, comandados por um Rakes feroz, beira a perfeição!!

 O roteiro de Cave, ja colaborador de Hillcoat em produções anteriores como A Proposta, estabelece uma conexão bem amarrada entre os envolvidos na trama, inclusive com os interesses amorosos de Jack, a doce judia Bertha Minnix (Mia Wasikovska), e de Forrest, a angelical Maggie ( a aqui deslumbrante Jessica Chastain), para contrapor à brutalidade do ambiente e da situação retratada. Rende ótimos momentos sinceros e exemplarmente postos em cena, para se criar um olhar mais humano sobre o trio fraternal e as demais pessoas próximas a ele.

A trilha sonora fantástica de Nick Cave e do tradicional parceiro Warren Ellis, só contribui para um vigor maior do filme. Recheada de canções modernas, porém regravadas com o estilo da música feita na década de 1930, cria uma conexão mais íntima com o tema, época e personagens com o roteirista/compositor. Um trabalho autoral e de grande qualidade.

Mérito presente, igualmente, nas atuações do elenco. Como já destacada, a de Tom Hardy, apesar de parecida com a de Bane do último Batman (que foi realizado depois deste Lawless), é extremamente compatível para o caráter e atitudes do personagem.  Tem-se um Gary Oldman frio, prático. Destaque mais que justo, sobretudo, para a composição afetada propositadamente de Guy Pearce, para o xenófobo Rakes. É um ator, que aos poucos, vem recuperando o prestígio alcançado em produções primeiras quando se tornou mais conhecido, como em Los Angeles – Cidade Proibida.

Assim, com inúmeros atributos qualitativos, Os Infratores pode ser considerado um honroso descendente dos filmes sobre gangsterismo, agora mais realista, que tanto fascinam os cinéfilos apreciadores do subgênero, Figurando, ainda, entre os melhores do ano até agora.

 

Direção – John Hillcoat
Roteiro – Nick Cave
Duração – 118 Minutos
Gênero - Policial
Nome Original – Lawless
Páís - EUA
Ano – 2012

0 comentários: